Esse disco é muito bom sim.

Os dias estão passando e nossos desafios continuam aumentando. É complicado tentar equilibrar tantas diferentes preocupações. Pois não é só o vírus, existem muitas outras coisas envolvidas, eu sei. Mas em primeiro lugar dê preferência à saúde de sua família. Vamos continuar crendo que dias melhores estão por vir. Agora é a nossa hora para falar de um pouco de música.

Como vocês já se acostumaram, à ideia aqui é propor alguma coisa para que você ocupe um tempinho do seu dia conhecendo algumas curiosidades e o mais importante, preenchendo um pedaço do seu tempo com uma boa dose de música pesada. E a dica de hoje é o álbum do AC/DC, Blow Up Your Video. Uma homenagem ao grande Mr. Angus Young, que completou 65 anos ontem.

“Blow Up Your Video”, que é o décimo primeiro álbum de estúdio do AC/DC, teve o inicio da produção realizada no Nomis Studio, em Londres, em julho de 1987. A mixagem foi concluída no Miraval Studio em Provence no sul da França, entre agosto e setembro do mesmo ano, com supervisão de Harry Vanda e George Young. Também foi o último álbum de estúdio com o baterista Simon Wright.

A banda iniciou uma turnê mundial em Perth, Austrália no dia 22 de fevereiro de 1988. Apostando alto no sucesso do trabalho, quatro faixas de “Blow Up Your Video” foram colocadas nos setlists para os shows: “Heatseeker“,” That’s the Way I Wanna Rock ‘n’ Roll“, “Nick of Time” e “Go Zone“. Na véspera da etapa norte-americana da turnê, Malcolm Young decidiu não participar para lidar com seu problemático vício com o álcool.

Depois que seus dois últimos trabalhos tiveram baixo desempenho nas vendas, esse disco trouxe o AC /DC de volta aos holofotes. “Blow Up Your Video” foi o álbum mais vendido da banda desde “For All About Rock to We We Salute”, sendo certificado disco de platina nos EUA. O LP também alcançou a segunda posição no Reino Unido e 1ª na Austrália. O álbum foi indicado ao Grammy de melhor banda de Hard Rock / Metal em 1989.

A minha bolacha eu comprei em 18 de maio de 1989 na Merci Discos em São Bernardo do Campo. Não faz muito tempo, talvez seis meses, passei pelo endereço e a loja continuava no mesmo local. Se eu fosse levar a sério uma ou duas críticas – ambas negativas –  que eu li na época, jamais teria comprado o disco. Felizmente aprendi cedo a levar em consideração e respeito a opinião dos outros, mas sempre procurando ter a minha própria. Não sei aonde encontraram tantos defeitos em um disco que receberia platina. Opinião é opinião, é claro. Mas o som do AC/DC é sempre AC/DC. Esperar algo ‘novo’ de uma banda que se manteve leal a um estilo sólido e próprio por tantos anos, é pedir demais.

Foram produzidos vídeos promocionais para as músicas “Heatseeker” e “That’s the Way I Wanna Rock ‘n’ Roll”, que é um dos clipes mais engraçados que o AC/DC já fez. Ambos rolaram com certa frequência no programa Clip Trip – o sucessor do Realce – na TV Gazeta-SP. Os links para os clipes e para as demais faixas do disco, como de costume, estão à disposição no final da matéria.

O LP é muito bom sim, ou vocês  acham que tantos prêmios foram conquistados sem merecimento algum? Mas acima dos certificados, das indicações, das resenhas, etc, tem que prevalecer o que você pensa. Procure sempre conhecer antes de formar a sua opinião. Confie no seu gosto. E é isso ai meus amigos, fiquem firmes, isolados, mas curtindo a boa música pesada. Até a próxima.

Dados:

Lançamento: 18 de Janeiro de 1988.

Selo: Atlantic (WW); BMG (Brasil).

Produção: Harry Vanda e George Young.

Singles:

“Heatseeker“, em 14 fevereiro de 1988.

That’s the Way I Wanna Rock ‘n’ Roll“, em 26 de março 1988.

Certificações:

Reino Unido, Ouro (+100,000);

Austrália, Platina (+210,000);

Alemanha, Ouro (+250,000);

EUA, Platina (+1.000,000).

Músicos:

Brian Johnson – vocais

Angus Young – guitarra

Malcolm Young – guitarra

Cliff Williams – baixo

Simon Wright – batera

Lado A:

1.“Heatseeker”    

2.”That’s the Way I Wanna Rock ‘n’ Roll”   

3.”Meanstreak”   

4.”Go Zone”          

5.”Kissin’ Dynamite”

Lado B:

1.”Nick of Time”  

2.“Some Sin for Nuthin'”          

3.“Ruff Stuff”        

4.“Two’s Up”         

5.“This Means War”