Mais populares que nunca.

Os dias estão passando e o isolamento continua fazendo parte da nossa atual realidade. Não tem muito que fazer. Então aproveite seu sábado, EM CASA, e coloque esse ‘discão’ para te fazer companhia. Por uma hora deixe as preocupações para depois.

A ideia aqui é propor alguma coisa para que você ocupe um tempinho do seu dia conhecendo algumas curiosidades e o mais importante, preenchendo um pedaço do seu tempo com uma boa dose de música pesada. E a dica de hoje é o álbum do Scorpions, “Love at First Sting”, que completou ontem 36 anos do seu lançamento.

Love at First Sting” é o nono álbum de estúdio da banda alemã, e foi lançado em 27 de Março de 1984. Sucessor do consagrado “Blackout”, é o disco de maior sucesso da carreira dos Scorpions que realizava finalmente o sonho da conquista do mercado americano. O momento era ótimo para a banda que bateu recordes de vendas e popularidade em diversos países.

O álbum foi gravado no Dierks Studios em Stommeln, na então Alemanha Ocidental. As sessões iniciais ocorreram no Polar Studios de Estocolmo, no verão europeu de 1983. “Love at First Sting” é notável por ter sido um dos primeiros discos de hard rock gravados no formato digital.

No LP encontramos sucessos como “Rock You Like a Hurricane“, “Big City Nights“, “Bad Boys Running Wild” e a balada “Still Loving You“.  Balada essa que conquistou não apenas ouvintes de rock, mas admiradores de outros estilos musicais que passaram a conhecer o trabalho do grupo. “Still Loving You” fez parte da trilha sonora da novela Corpo a Corpo da TV Globo, além de ter sido regravada pela banda finlandesa Sonata Arctica.

E por falar em sucesso, esse disco é o de maior êxito do grupo nos EUA, onde alcançou o número 6 na parada da Billboard 200 em 1984, conquistando um duplo disco de platina, com mais de dois milhões de cópias vendidas, antes mesmo do no final daquele ano – um terceiro disco de platina seria concedido à banda em 1995.  A música “Rock You Like a Hurricane” alcançou o número 25 na Billboard Hot 100 no mesmo ano e a faixa “Still Loving You“, que alcançou o número 64 na mesma parada, foi além conseguindo posições de destaque nas paradas da Alemanha, sendo número 14 na parada geral, e número 3 nas paradas individuais francesas e suíças. Consta em publicações da época que o LP “Love at First Sting” ganhou disco de ouro no Brasil onde a certificação para bandas internacionais equivale a vinte mil cópias vendidas.

Foi durante a turnê de “Love at First Sting” que o Scorpions veio pela primeira vez ao Brasil em Janeiro de 1985, para duas apresentações históricas na primeira edição do Rock in Rio. Só vivendo aqueles dias para ter uma ideia do que foi. Por causa da superexposição pela mídia convencional, as bandas de música pesada entraram nas vidas de muitos leigos que, mesmo que por algum tempo, começaram a gostar de som alto, guitarras e bateria. E o Scorpions tinha o carro chefe perfeito para abocanhar uma grande fatia desse novo público, a balada “Still Loving You“. Essa música tocou com muita frequência até nas rádios AM, assim como seu clipe também era figura carimbada em todos os programas de vídeos musicais como o Som Pop da TV Cultura-SP, Realce da TV Gazeta-SP e Super Special da TV Bandeirantes-SP. Falando em clipes mais dois vídeos promocionais, “Rock You Like a Hurricane” e “I’m Leaving You“, também foram muito veiculados nesses programas. Reforçando a divulgação, posters aos montes do Scorpions – e de outras bandas de Heavy tambémestavam a disposição nas bancas de jornal.

 

Meu LP é da segunda prensagem de 1984. Como é que eu sei? Simples. Era costume das gravadoras brazucas em alguns casos colocar uma ‘chamada’ nas capas dos discos. Essas tais ‘chamadas’ poderiam ser uma associação de uma faixa com algum tema de novela, ou apenas destacar o nome de uma ou duas músicas mais populares para impulsionar as vendas. No caso do “Love at First Sting” na primeira prensagem foram destacadas as faixas “Rock You Like a Hurricane” e “Big City Nights“. A romântica “Still Loving You” estourou tanto em todas as frequências, que resolveram incluir no segundo lote seu nome na ‘chamada’. A coisa foi feita tão as pressas que a fonte usada para as letras é nitidamente diferente das demais.

Eu comprei minha cópia pouco depois do festival carioca em 12 de fevereiro de 1985 em uma loja chamada Apple em São Bernardo do Campo-SP, que não era especializada em rock, mas foi o local onde eu encontrei o melhor preço. A capa não sofreu censura alguma aqui, mas a situação foi diferente nos EUA, que após uma reclamação do Wal-Mart resultou na mudança para uma capa alternativa para uso em várias redes de lojas de departamento. A nova capa foi projetada para ser menos controversa, simplesmente mostrando uma imagem dos membros da banda, que era a mesma foto do encarte interno do LP.

O maior sucesso dos alemães é um clássico. Todas as faixas são ótimas, a produção exemplar, com todos os músicos em grande fase, mas vamos falar mais desse assunto em breve quando explorarmos a fundo o álbum ao vivo “World Wide Live”.  Os links para os três clipes e demais músicas do disco estão logo abaixo. Aproveite seu sabadão, EM CASA, com o volume do 11. Até a próxima.

Dados:

Lançamento: 27 de março de 1984 .

Selo: Mercury/Polygram (EUA e Brasil); Harvest/EMI (Europa).

Produção: Dieter Dierks.

Singles:

“Rock You Like a Hurricane”/”Coming Home” em 2 de fevereiro de 1984;

Still Loving You” em 14 março de 1984;

Big City Nights“/”Bad Boys Running Wild” em 2 agosto de 1984;

Still Loving You“/”Holiday” em 20 de novembro de 1984.

Certificações:

– Nos Estados Unidos, 3x Platina (+ 3.000,000) em março de 1995;

– No Canadá, 2x Platina (+ 200,000) em maio de 1988;

– Na Alemanha Oc., Ouro (+ 250,000) em junho de 1985.

Músicos:

Klaus Meine –vocais

Matthias Jabs –guitarra

Rudolf Schenker – guitarra

Francis Buchholz – baixo

Herman Rarebell – batera

Lado A:

1.”Bad Boys Running Wild

2.”Rock You Like a Hurricane

3.”I’m Leaving You”        

4.”Coming Home”           

5.”The Same Thrill

           

Lado B:

1.”Big City Nights”         

2.”As Soon as the Good Times Roll

3.”Crossfire”         

4.”Still Loving You