Mais pro AOR do que pro Hard Rock.

Dia do vigésimo quinto capítulo do nosso especial Clipe Clássico HB e hoje apresentando um vídeo em homenagem ao aniversariante da semana, o guitarrista Ritchie Blackmore, que completou 76 anos no último dia 14 de abril. O ‘The Man in Black’ além de ser o responsável por grande parte dos sucessos do Deep Purple, também criou outras duas bandas de renome: o seu atual projeto Blackmore’s Night e o mítico Rainbow. E é justamente dessa fase a nossa escolha de para hoje, com o clipe “Street of Dreams“.

Street of Dreams” é um dos dois singles que pertencem ao álbum “Bent Out of Shape“, que foi lançado em LP e cassete em 24 de agosto de 1983 pela gravadora Polydor (exceto na América do Norte, que ficou a cargo do selo Mercury) e que foi um sucesso em várias paradas ao redor mundo, entre tantas a disputada Billboard 200 chegando ao número 34.

A versão em compacto de “Street of Dreams” também chegou nas lojas em agosto de 83 e contou como lado B a canção “Anybody There“. Já a versão em 12 polegadas (EP) foi lançada em outubro do mesmo ano com as faixas “Can’t Let You Go” e “All Night Long (live)” completando a bolacha.

Nesse disco o Rainbow deixou um pouco de lado o hard rock característico da maioria dos seus trabalhos anteriores e flertou fortemente com o AOR – principalmente nas duas faixas escolhidas para singles, “Street of Dreams” e “Can’t Let You Go”.

Vídeo:

O videoclipe da música “Street of Dreams” foi dirigido por Storm Thorgerson, que incorporou uma entrada de um minuto e trinta e oito segundos antes da música começar a tocar no vídeo propriamente. Os atores contratatos para interpretar o médico hipnotizador, o rapaz e a moça amarrada, tem mais destaque do que os músicos da banda durante o clipe – com exceção do cantor Joe Lynn Turner.

Muitos programas de clipes ignoravam a intro, pois deixava o clipe muito longo e é possível se encontrar as duas versões (com e sem intro). O vídeo foi incluído na integra no VHS lançado pelo Rainbow chamado de “The Final Cut”, que foi lançado em 1985. Nós postamos aqui no Clipe Clássico HB a versão completa.

Um fato também muito relevante a respeito do clipe de “Street of Dreams” é que ele foi banido pela MTV, por causa a sessão de hipnose contida nele, onde o ator principal entra em um transe profundo com muitas visões e sendo manipulado boa parte do tempo pelo médico hipnotizador. Esse fato foi considerado polêmico pele a direção canal na época, que apesar do sucesso do single a emissora ignorou o vídeo.

Por aqui:

No Brasil o clipe de “Street of Dreams” passou algumas vezes no programa Som Pop da TV Cultura-SP e no Realce da TV Gazeta-SP. O álbum “Bent Out of Shape” podia ser encontrado com facilidade em diversas lojas de discos na época, inclusive grandes magazines como o Mappin e a Mesbla.

Ritchie Blackmore pode ter cara de invocado, mas é um gênio da guitarra e ao longo das décadas construiu uma invejável carreira repleta de sucessos, além de influenciar inúmeros grandes nomes da música. Fica aqui os nossos parabéns e o desejo que ele continue nos brindando com boa música por muitos e muitos anos.

Dados:

Lançamento: Agosto de 1983.

Diretor: Storm Thorgerson

 

Rainbow:

Ritchie Blackmore – guitar

Roger Glover – bass

Joe Lynn Turner – vocals

David Rosenthal – keyboard

Chuck Burgi – drums