˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â˙Ř˙â Oyster lança “The Longest Year”, EP consolida a banda como um dos novos nomes do punk rock melĂłdico – Headbangers Brasil

The Longest Year é o primeiro EP e também a consolidação do primeiro ano de trabalho da Oyster, além de ser a estreia da banda na Electric Funeral Records. Apresentando uma sonoridade que se faz à vontade no playground do punk rock, o EP começa a construir uma identidade característica da banda, que aborda de forma calorosa e intensa temas sociais e introspectivos, refletindo sobre questões de saúde mental, feminismo, e resiliência perante o dia a dia do brasileiro nos dias de hoje, sem deixar de trazer um pouco de ironia e humor à críticas claras ao desgoverno do país e brincar com a possibilidade de um futuro um pouco mais ou menos otimista.

A Oyster é uma banda de punk rock formada em 2021 em Florianópolis. O quarteto formado por Gui Guedes (baixo), Carol Tirloni (voz), Fernando Baggio (guitarra) e Diego Rapoport (bateria) tem como principais referências bandas como Bad Cop Bad Cop, Not on Tour, The Interrupters, Bad Religion, Face to Face entre outras, e encontrou nas composições próprias uma forma de dar vazão às suas verdades alinhando velocidade e energia a uma pitada de humor e visão crítica do mundo ao nosso redor.

“The Longest Year”: