Os 35 anos de “Rock the Nations”

Rock the Nations” é o oitavo álbum de estúdio da banda de heavy metal britânica Saxon e foi lançado em 8 de setembro de 1986 pelos selos EMI na Europa e Capitol na América do Norte. O trabalho foi gravado no Wisseloord Studios, Hilversum, na Holanda sob a responsabilidade do produtor Gary Lyons.

Apesar de ser um dos grupos mais importantes do movimento NWOBHM na primeira metade dos anos 80, o Saxon desde o álbum “Innocence Is No Excuse” de 1985 tornava clara a intenção de adaptar seu som aos critérios do mercado norte americano e o passo definitivo foi “Rock the Nations”, que inclusive contou com a participação especial do pop star Elton John em duas faixas – “Party ‘til You Puke” e a balada “Northern Lady“. O álbum é o primeiro a não apresentar o baixista original Steve Dawson, que havia deixado o Saxon no início de 1986 (na verdade ele foi demitido), sendo substituído por Paul Johnson, que mesmo tendo seu nome nos créditos, não gravou uma faixa sequer. Foi o vocalista Biff Byford que se encarregou de executar as partes das quatro cordas. A belíssima capa, em que figura o nosso imponente pavilhão nacional entre vários outros, tem a assinatura do artista Paul R. Gregory, responsável por capas em trabalhos de bandas como Molly Hatchet, Dio, Uriah Heep e Blind Guardian.

O álbum gerou três singles acompanhados de seus respectivos vídeos clipes: “Waiting for the Night” (“Chase the Fade” do lado B) lançado em 16 de agosto de 1986; “Rock the Nations” (com os cortes “747” e ”And the Bands Played On” em versões ao vivo no lado B) em 26 de outubro do mesmo ano e “Northern Lady” (”Everybody Up (live)” do lado B), que chegou nas lojas no final de janeiro de 1987. O álbum “Rock the Nations” entrou em paradas como a Swedish Albums na posição número 26; UK Albums na posição 34; número 44 na German Albums e na qual mais importava para banda, a americana Billboard 200, o trabalho alcançou o número 149. Para os padrões do Saxon até aquela altura, “Rock the Nations” foi considerado um sucesso, apesar de dividir os fãs mais antigos, que se recusavam a aceitar o som mais comercial. Mas críticas positivas também podiam ser encontradas, como por exemplo, a nota 3.5/5 destinado pela na época conceituada revista Kerrang!.

Anúncios de página inteira em revistas especializadas fizeram parte da divulgação de “Rock the Nations”, além é claro da tour batizada simplesmente de ‘Rock the Nations Tour’. Dos mais de 80 shows agendados, cerca de 75% do total foi destinado para as apresentações no Canadá e principalmente nos Estados Unidos, o sonho de consumo do Saxon naquele tempo, isso de novembro de 1986 em diante. Mas antes os britânicos dariam atenção ao velho continente iniciando no dia 23 de agosto em grande estilo, como headliners do famoso Reading Festival inglês de 1986. Depois partem para shows na Escócia, Alemanha, Noruega, Suécia, Holanda, Bélgica e França. Como dissemos de novembro em diante toda atenção foi dada ao continente norte americano onde também se deu o encerramento do giro em 15 de março de 1987 em Corpus Christi, no estado do Texas.

No Brasil o LP “Rock the Nations” teve sua edição tupiniquim lançada ainda em 1986 via EMI e recebendo uma atenção para lá de especial. O trabalho dos britânicos figurou ao lado dos pesos pesados Iron Maiden (com o álbum “Somewhere in Time) e Queensrÿche (com “Rage for Order”) em anúncios de página inteira bancados pelo selo EMI em revistas especializadas como a Metal e Bizz Heavy. Já no que se refere aos clipes, apenas o de “Waiting for the Night” foi exibido no programa Super Special da TV Bandeirantes-SP. Meu vinil foi comprado em 9 de setembro de 1987 na loja Rick and Roll, citada diversas vezes aqui no nosso espaço, que se situava aqui mesmo em São Caetano do Sul-SP.

Obviamente “Rock the Nations” não é trabalho mais relevante do Saxon, mas está longe de ser algo que você possa ignorar. Faixas como “Battle Cry“, “Rock the Nations“, “We Came Here to Rock” representam momentos que os rifes falam alto e tanto em “Party ‘til You Puke” como na bela balada “Northern Lady“, é preciso ressaltar o talento do convidado especial Elton John – se deixarmos o radicalismo de lado, é claro. Até  a próxima.

Dados:

Lançamento: 8 de setembro de 1986.

Selo: Capitol (EUA); EMI (Europa, Brasil).

Produção: Gary Lyons.

Singles:

  • “Waiting for the Night”/“Chase the Fade” em 16 de agosto de 1986;
  • “Rock the Nations”/“747”/”And the Bands Played On”, em 26 de outubro de 1986;
  • Northern Lady”/“Everybody Up (live)”, em janeiro de 1987.

Saxon:

Biff Byford – vocals, bass guitar

Graham Oliver – guitar

Paul Quinn – guitar

Paul Johnson – bass (credited but does not play on the album)

Nigel Glockler – drums

Tracklist:

Lado A:

1.”Rock the Nations”          

2.”Battle Cry”             

3.”Waiting for the Night”   

4.”We Came Here to Rock”          

Lado B:

1.”You Ain’t No Angel”               

2.”Running Hot”        

3.”Party ‘til You Puke”                 

4.”Empty Promises”            

5.”Northern Lady”

(Créditos das fotos: Paulo Márcio)