Uma obra prima ao vivo, pela terceira vez.

Tem como começar a semana melhor do que ouvindo boa música? Claro que não. Por isso estamos aqui. Lembrando que por duas vezes na semana, temos a oportunidade de propor uma sugestão para que você ocupe um tempinho do seu dia conhecendo algumas curiosidades e o mais importante, preenchendo um pedaço do seu tempo com uma boa dose de música pesada. E a dica de hoje é o álbum duplo ao vivo do Rush, A Show of Hands.

 “A Show of Hands” é o terceiro álbum ao vivo da banda canadense de rock progressivo Rush, lançado em nove de janeiro de 1989, com a produção da própria banda. O grupo lançou um vídeo de longa duração com o mesmo nome, originalmente em VHS e Laser Disc, isso no mesmo ano.

A maioria das gravações deste álbum foram capturadas durante a turnê do disco “Hold Your Fire”, que foi lançado em oito de setembro de 1987, nas cidades americanas de Nova Orleans, Phoenix e San Diego, e a cidade britânica de Birmingham. Apenas as faixas “Mystic Rhythms” e “Witch Hunt” foram gravados em East Rutherford, Nova Jersey, durante o ano de 1986 na tour do álbum “Power Windows” de 1985. A faixa de abertura apresenta o tema que era usado pelos Três Patetas (The Three Stooges) tocando ao fundo. O Rush usou essa música para abrir muitos de seus shows durante os anos 80.

Em relação ao vídeo, ele foi filmado no primeiro de dois shows em Birmingham, na Inglaterra, que aconteceram em 23 e 24 de abril de 1988 na NEC Arena. A ordem das músicas apresentadas no home vídeo estão diferentes em relação a posição do álbum duplo. As faixas escolhidas para compor “A Show of Hands” representam o período entre o LP “Signals” (1982) e o já citado “Hold Your Fire”, excluindo-se a canção “Closer to the Heart“.

“A Show of Hands” é o resultado do sucesso que o álbum anterior do Rush, “Hold Your Fire”, representou. Tanto a tour, assim como as vendas, foram verdadeiros sucessos, com datas ‘sold out’ e certificações importantes: nos EUA, disco de ouro; Canadá, disco de platina; e Reino Unido com disco de prata.

Mas por si só, esse duplo ao vivo também foi um grande sucesso de vendas, recebendo nova certificação de ouro nos Estados Unidos, com mais de 500 mil cópias vendidas e platina na terra natal da banda. Nas paradas também obteve destaque na Billboard 200, na posição 21, muito significativa se tratando de um disco ao vivo.

No Brasil a discografia do Rush sempre se manteve atualizada e com “A Show of Hands” não foi diferente. Com ótima distribuição era possível se encontrar os discos em catalogo em diversas lojas e magazines, não dependendo dessa forma de locais especializados em música pesada. Um bom exemplo é que minha cópia, lançada com capa dupla pela Polygram com selo Vertigo, foi comprada em 15 de junho de 1989, em uma loja de discos que pertencia ao Best Shopping ABC, em São Bernardo do Campo-SP. Shopping esse que nem existe mais, pois foi demolido faz alguns anos.

Na época o VHS de “A Show of Hands” era possível ser encontrado em certas locadoras em uma versão ‘bucaneira’ (SIC) de não tão boa qualidade, e vez ou outra, um trecho do vídeo podia ser visto no programa Clip-Trip da TV Gazeta-SP.

É um baita disco ao vivo, uma perfeição do início ao fim, que não tem um ponto negativo sequer. Perante a um trabalho como esse do trio canadense, a única dúvida a se levantar, é qual curtir primeiro, o vídeo do show ou o disco. Fica a seu critério, pois como sempre, os links estão a disposição. Até a próxima.

Dados:

Lançamento: 9 de janeiro de 1989.

Selo: Anthem (Canadá); Mercury/Vertigo (EUA); Polygram (Brasil).

Produção: Rush.

Certificações:

Canadá, disco de Platina (+100.000 cópias)

EUA, disco de ouro (+ 500.000 cópias).

Rush:

Geddy Lee – bass guitar, synthesizers, vocals

Alex Lifeson – electric and acoustic guitars, synthesizers

Neil Peart – drums, percussion

Tracklist:

Lado 1

1.”Intro”  

2.”The Big Money

3.”Subdivisions

4.”Marathon

Lado 2

1.”Turn the Page

2.”Manhattan Project

3.”Mission

Lado 3

1.”Distant Early Warning

2.”Mystic Rhythms

3.”Witch Hunt

4.”The Rhythm Method” (Drum Solo)

Lado 4

1.”Force Ten

2.”Time Stand Still

3.”Red Sector A

4.”Closer to the Heart