O nascimento do vídeo clipe

Hoje iniciamos mais uma série especial aqui no HB, que será dedicada exclusivamente á comunhão do som e da imagem. Toda semana um vídeo fundamental será escolhido e contaremos detalhes, curiosidades e a relevância dentro da história da música pesada, como já é uma característica do HB. E para começar a escolha não poderia ser outra, pois “Bohemian Rhapsody” é considerado por muitos como o marco zero da era do vídeo clipe. Esperamos que vocês gostem.

Bohemian Rhapsody” é uma canção composta por Freddie Mercury, integrante da banda britânica Queen e incluída no seu álbum “A Night at the Opera“. O single, lançado em 31 de outubro de 1975 foi acompanhado de um vídeo promocional tremendamente inovador para a época. A direção do vídeo foi de responsabilidade de Bruce Gowers e a produção coube á empresa Trilion.

Vídeo:

O vídeo inicia com uma imagem dos quatro membros da banda na penumbra, enquanto cantam a capela. As luzes se apagam, e a imagem muda para close-ups em Freddie. A composição da imagem principal é a mesma da capa do segundo álbum da banda, Queen II. O vídeo então muda para cenas da banda tocando seus instrumentos. Na seção operística o cenário volta às posições do Queen II, depois do que, eles retornam ao palco durante a parte que simula um show ao vivo.

Todos os efeitos especiais foram realizados durante a gravação, e não em uma ilha de edição. O efeito visual do rosto de Mercury aparecendo em cascata foi realizada ao apontar a câmera para um monitor, dando feedback visual. O efeito de ‘colmeia’ foi criado usando apenas uma lente modificada. O vídeo foi editado em cinco horas, pois deveria ser transmitido na mesma semana em que foi gravado. Foi enviado para a BBC assim que terminado, e transmitido pela primeira vez no programa Top of the Pops, em 31 de novembro de 1975  – há exatos 45 anos atrás. O vídeo foi gravado em apenas quatro horas, em 10 de novembro de 1975, e custou cerca de quatro mil e quinhentas libras.

Por aqui:

No Brasil o clipe de “Bohemian Rhapsody” ajudou a tornar o Queen ainda mais conhecido e foi exibido com frequência pelos programas Rock Concert da TV Globo, inclusive em seu primeiro programa em 1977, e Som Pop da TV Cultura, após sua estreia em 1981. O vídeo também foi exibido nos programas especializados durante a década de 80 e no ‘Clássicos MTV’, na MTV Brasil a partir de 1990.

Bohemian Rhapsody” popularizou o uso de videoclipes para lançamento de singles, além de ter sido considerado o marco inicial da “era MTV”. Depois dele inúmeras bandas começaram a se preocupar em produzir vídeos mais elaborados e vincula-los aos seus singles principais. Definitivamente a era do vídeo clipe nasceu com o Queen.

Dados:

Lançamento: 31 de novembro de 1975

Direção: Bruce Gowers

Produtora: Trilion

Queen:

Brian May – Guitarra

Freddie Mercury – vocal e piano

John Deacon – baixo

Roger Taylor – bateria