ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ˇōˇ‚ Charlie Griffiths (Haken) anuncia √°lbum solo de estreia ‘Tiktaalika’, primeiro single ‘Arctic Cemetery’ j√° dispon√≠vel – Headbangers Brasil

Charlie Griffiths, guitarrista dos pesos pesados brit√Ęnicos do metal progressivo Haken, tem o prazer de anunciar seu primeiro √°lbum solo ‘Tiktaalika‘ para lan√ßamento em 17 de junho de 2022 via InsideOutMusic. Com ra√≠zes musicais ainda firmes no reino progressivo, Charlie se inspira em seu amor pelo thrash da velha escola dos anos 80, tech-metal dos anos 90 e rock alternativo. Variando do mel√≥dico ao avant-garde e ao pesado, voc√™ pode dizer que Tiktaalika preenche a lacuna entre King Crimson e King Diamond!

O √°lbum apresenta uma lista impressionante de convidados, e o primeiro single do √°lbum ‘Arctic Cemetery‘ inclui vocais convidados de Tommy Rogers do Between the Buried & Me. Assista agora o v√≠deo.

Charlie comenta: ‚ÄúArctic Cemetery √© uma combina√ß√£o de paleontologia com metal progressivo. Uma escava√ß√£o de f√≥sseis, atrav√©s de uma paisagem mel√≥dica de tech-metal. Eu sou incrivelmente sortudo por ter Tommy Rogers do BTBAM nos vocais e Darby Todd (Martin Barre, Devin Townsend) na bateria. Ambos s√£o profissionais consumados e elevaram a m√ļsica muito al√©m das minhas expectativas. Esta foi uma das primeiras m√ļsicas que ganharam vida para o √°lbum e uma vez que eu tinha a linha ‘Morto e enterrado, deitado em um cemit√©rio do √Ārtico’ a ideia floresceu. A m√ļsica reflete sobre a no√ß√£o de que os humanos modernos podem identificar locais de cemit√©rios, com centenas de milh√Ķes de anos, encontrar vest√≠gios de nossos ancestrais e perguntar: o que essa criatura extinta pode nos ensinar? Acho essa no√ß√£o incrivelmente inspiradora e humilhante.‚ÄĚ

O √°lbum inclui obras de arte impressionantes de Dan Goldsworthy e estar√° dispon√≠vel como uma edi√ß√£o de CD Ltd, Gatefold 180g 2LP + CD e como √Ālbum Digital. Pr√©-encomende agora aqui.

Tracklist do vindouro disco:

  1. Prehistoric Prelude
  2. Arctic Cemetery
  3. Luminous Beings
  4. In Alluvium
  5. Dead in the Water
  6. Digging Deeper
  7. Tiktaalika
  8. Crawl Walk Run
  9. Under Polaris

Este √°lbum conceitual durou 375 milh√Ķes de anos, com as 9 faixas inspiradas em temas de tempo geol√≥gico, fossiliza√ß√£o, transforma√ß√£o e conex√Ķes da humanidade entre si e com o planeta que habitamos. As letras escritas por Griffiths s√£o dubladas por alguns dos melhores vocalistas do ramo: Tommy Rogers (Between the Buried And Me), Dan√Įel De Jongh (Textures), Vladimir Lalińá (Organised Chaos) e Neil Purdy (Luna‚Äôs Call).

Al√©m de lidar com as fun√ß√Ķes de guitarra, Charlie tamb√©m cuida do baixo, teclados e em uma faixa, faz sua primeira performance vocal principal. Sobre o processo criativo, Charlie explica: ‚ÄúEu peguei o viol√£o de 6 cordas novamente, que ironicamente se tornou a op√ß√£o mais incomum para mim, depois de 10 anos escrevendo com um viol√£o de 8 cordas para Haken. Isso definitivamente me enviou para um espa√ßo criativo diferente, com riff ap√≥s riff aparentemente caindo da guitarra. Eu naturalmente comecei a formar esses riffs em estruturas de m√ļsicas, ao mesmo tempo em que escrevia melodias vocais e constru√≠a o conceito l√≠rico. Foi uma √≥tima forma de escapismo do meu ambiente habitual e me diverti muito fazendo isso‚ÄĚ.

O √°lbum tamb√©m conta com uma s√©rie de m√ļsicos convidados: o baterista Darby Todd (Martin Barre, Frost, Devin Townsend), o mago do teclado Jordan Rudess (Dream Theatre) e o saxofonista Rob Townsend (Steve Hackett). ‚ÄúTodos os m√ļsicos convidados levaram as m√ļsicas para outro n√≠vel‚ÄĚ Charlie explica, ‚ÄúEu tinha tudo escrito e gravado, para que os caras pudessem aprender rapidamente as partes, mas eu dei r√©dea solta para eles trazerem sua personalidade para a festa. O estilo de bateria de Darby, √© t√£o lindamente improvisado e mais influenciado pelo jazz-fusion, quando combinado com meus riffs, resultou em algo inesperado. Me impressiona que o solo de sintetizador que Jordan tocou foi o primeiro take! Capturar esse esp√≠rito de espontaneidade dentro de uma pe√ßa estruturada √© sempre muito especial‚ÄĚ.

O √°lbum foi mixado por Adam ‘Nolly’ Getgood e masterizado por Ermin Hamidovic.