Formada em 2016 na cidade de Vitória da Conquista/BA, a banda PILOT WOLF chega ao lançamento oficial de seu aguardado debut “Killer Machine”, álbum com dez faixas e um bônus track, o já conhecido single “The Red Baron”, lançado no ano passado. Breno Fernandes (vocal), Weslley Porto (guitarra), Joabe Rios (guitarra), Gleidson Ribeiro (baixo) e Fábio Loureiro (bateria) apostam numa sonoridade voltada ao Heavy Metal tradicional, com pitadas de Power Metal e Thrash Metal, sempre focando na agressividade, com influências notórias de Metal Church e Grave Digger. Lançado de forma independente,  “Killer Machine” está, por enquanto, disponível apenas em formato físico, e conforme o baterista Fábio Loureiro, a saída tem sido muito boa: “Decidimos segurar o lançamento digital e focar nas vendas físicas, e no pouco tempo em que o CD foi disponibilizado, a procura tem sido muito boa. A mídia digital se sobrepôs ao formato físico, mas não o extinguiu. Então, é uma grande satisfação enviar o CD para tantos headbangers espalhados pelo país. O curso natural é levar o material para as plataformas. Entretanto, manter o formato por um tempo é tanto uma exigência econômica da banda, como uma maneira de tornar o trabalho exclusivo (ainda que por um curto espaço de tempo), reconhecendo assim a importância daqueles que ainda adquirem CDs”.

Para alavancar a  divulgação do álbum, o PILOT WOLF produziu um lyric video para a faixa “Masters of Disease”, com criação de Christian Benardis. Segundo Fábio, a letra fala basicamente sobre o seguinte: “De um modo geral, todas as letras deste álbum se propõem a algum tipo de crítica. Apesar do aspecto bélico estar presente como um tema central, as atenções são voltadas às dinâmicas sociais que permeiam eventos ou momentos históricos. Masters of Disease é um exemplo disto. A letra é de 2016 e expressa um contraponto claro à forma pela qual a religião se institucionaliza e ganha poder suficiente para rechaçar visões de mundo que não se coadunem à determinada crença ou dogma”.

Assista ao lyric video de “Masters of Disease”:

Apostando em temáticas bélicas e socioculturais, o PILOT WOLF já havia dado uma prova tanto de sua sonoridade quanto da referida abordagem no próprio single de “The Red Baron”, que retrata a história do aviador alemão Manfred Von Richthofen, mais conhecido como Barão Vermelho. O piloto de caça alemão na Primeira Guerra Mundial é considerado ainda hoje como o “ás dos ases”. Servindo no braço aéreo do Exército Imperial Alemão (Luftstreitkräfte), ele foi um líder militar, e como piloto se tornou um ícone da aviação, obtendo o maior número de vitórias (oitenta) de um único piloto durante a Primeira Guerra. Sobre a temática lírica de “The Red Baron”, Fábio afirma que: “a música não é uma homenagem, mas a exposição de um personagem histórico interessante: sua origem, feitos, fama entre aliados e inimigos, e morte”. 

Ouça o single “The Red Baron” no Spotify:

Confira o track list do álbum:

1 – Marching
2 – Strike Back
3 – Killer Machine
4 – The Red Baron
5 – Ignition
6 – Palace of Death
7 – Illusions
8 – Masters of Disease
9 – Ghost Warriors
10 – North Wind

Bonus track:

11 – The Red Baron (Single Mix Version)

Para adquirir o CD (camisetas serão disponibilizadas em breve) direto com os membros da banda basta enviar uma mensagem através do Instagram ou da página do Facebook ou comprar pelo site https://ihells.loja2.com.br.

Contatos:
Facebook:
www.facebook.com/pilotwolfofficial
Instagram: www.instagran.com/pilotwolfofficial
Youtube: www.youtube.com.br/pilotwolfofficial
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br